Resenha – Por Lugares Incríveis


0

“O problema das pessoas é que elas esquecem que na maior parte do tempo o que importa são as pequenas coisas”


👩🏼Violet Markey
levava uma “vida perfeita” até que sofre um acidente de carro, que mata sua querida irmã. Desde então não é mais a mesma,se isolando do resto do mundo e guardando todo seu sofrimento para si.

👨🏽Theodore Finch, mais conhecido como “aberração”, é o menino esquisitão da turma, sofre de depressão e tem um humor bastante peculiar,está sempre mudando de estilo,anota todas as suas ideias em post-its e passa seu tempo livre pesquisando formas diferentes de cometer suicídio.

Violet e Finch se conhecem em cima da torre do sino da escola,os dois decididos a pular. Mas as coisas não saem como o planejado, eles se ajudam e conseguem sair da situação. Acabam então fazendo juntos o trabalho de geografia que pedia para que os alunos conhecessem os lugares incríveis de sua cidade.


“Você é todas as cores em uma, em pleno brilho”



“Por lugares incríveis”
é sem duvida um dos livros mais tocantes que já li, muito bem escrito, cheio de surpresas e repleto de temas delicados. VARIAS pessoas já tinham me indicado e finalmente tomei vergonha na cara.A reação não podia ter sido outra…
adorei a história de diversas formas, os personagens são bem construídos sempre cheios de vida e personalidade, o enredo é surpreendente e no decorrer da leitura me peguei varias vezes marcando trechos do livro. Finch acabou virando um dos meus personagens literários favoritos de longe, acompanhar sua trajetória era como mergulhar num poço, nadando e descobrindo novos mistérios até ele ficar tão fundo que é impossível voltar para a superfície.


“Não sinto muito há alguns dias. Chorei um pouco, mas na maior parte do tempo estou vaZia, como se o que me fizesse sentir e sofrer e rir e amar tivesse sido removido cirurgicamente, me deixando oca como uma concha.”


O FILME:

Recentemente lançaram na Netflix a adaptação de “Por lugares incríveis” e eu não poderia estar mais decepcionada. Apesar da fotografia e do elenco, o filme deixou muito a desejar. Parecia que eu estava assistindo outra história. Não é um filme ruim, mas poderia ser melhor. Se eu tivesse assistido sem ler o livro poderia ter adorado.

Resenha por: Victória Manuela

Like it? Share with your friends!

0
Victoria Manuela
Victória Manuela nasceu na cidade mineira de Nova Lima no ano de 2005. Estudante e amante da literatura, teve a primeira participação em uma obra literária em 2017 na antologia Carpe Diem. Escreve contos, textos e poesias, é leitora assídua de vários estilos literários. Futura socióloga gosta de ler, escrever e pintar.

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *