Resenha- O Diario de Myriam

“Nunca os perdoarei pelo dia 10 de Abirl, e pela noite em que o míssil caiu onde eu tinha acabado de passear com papai, mamãe e Joelle”


2
7 compartilhar, 2 ponto

🌻🌻🌻🌻

 “O Diário de Myriam” é um registro emocionante e marcante escrito por uma menina entre os anos de 2011 a 2017 sobre como é viver no meio da guerra na Síria. Após sua mãe tela instigado a escrever um diário a menina passa seus dias redigindo linhas e mais linhas descrevendo os sentimentos de viver com medo e angustiada.

Escrito pela menina síria e o jornalista Philippe Lobjois ,alternando-se entre memórias felizes e cenas horrendas da cidade de Alepo, o relato de uma garotinha que teve a infância roubada pela guerra sensibiliza o mundo, assim como Anne Frank e Ada, Myriam tem uma história a nos contar que merece ser ouvida. 

Triste e excelente, esse livro traz um misto de confusões, peguei-me lamentando e refletindo por muito tempo sobre como o ser humano as vezes é cruel, e como parecemos estar fadados a repetir o passado. 

Myriam que tinha tudo para ter uma  infância sossegada acaba tendo preocupações como conferir varandas, descer escadas no escuro, olhar para o céu e ver mísseis, se acostumar com o barulho das bombas e estar pronta para mudar de casa a qualquer hora, além de brincar no meio de balas usadas de metralhadoras.

 Mesmo sendo um livro pesado emocionalmente é uma história que flui bem rápido e clara,me impressionou a qualidade da escrita de Myriam mesmo que em um diário no meio do caos com apenas 12 anos. As fotos no começo e no final do livro nos dão uma visão melhor de como tudo ficou, dos escombros que antes eram uma cidade linda e rica culturalmente. Reflexivo e  impactante “O diário de Myriam “ tem muito o que ensinar!

 Recomendado para todas as idades, as pessoas precisam conhecer esses relatos e se sensibilizarem mais uma vez pelo outro e lembrar que nenhuma religião é melhor que outra e que o respeito deveria prevalecer.

✨

“Tenho medo de esquecer essas imagens,essa cidade que desapareceu, esse mundo que afundou no caos”

✨

“Aqui, até mesmo Deus não tem mais casa”

✨

“Irmão Georges diz que hoje é o Dia Internacional dos Direitos das Crianças no mundo inteiro, mas que esqueceram de colocar Alepo na lista.”

Autora: Myriam Rawick , Phelippe Lobjois. 

Editora: DarkSide

Páginas: 320.

Myriam Rawick

 Phelippe Lobjois. 


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

2
7 compartilhar, 2 ponto

Qual é a sua reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
1
geeky
love love
2
love
lol lol
2
lol
omg omg
1
omg
win win
0
win
Victoria Manuela

Victória Manuela nasceu na cidade mineira de Nova Lima no ano de 2005. Estudante e amante da literatura, teve a primeira participação em uma obra literária em 2017 nas Antologias Ana e Carpe Diem. Escreve contos e poesias e é leitura assídua de vários estilos literários. Sonha em ser uma escritora de sucesso e fazer faculdade de Letras. Seus hobbys são: ler, escrever e pintar.

Um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Choose A Format
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format