Resenha – Círculos


1

Círculos misteriosos surgem nas plantações de milho em Caramuru de tempo em tempo. Na última aparição, um cadeirante é atraído para o centro do milharal, onde um grande acontecimento sela o destino da cidade e dos seus habitantes. 
Corrupção e fanatismo religioso são algumas características dessa cidade localizada no litoral de Santa Catarina, que ganhou notoriedade graças aos acontecimentos inexplicáveis pela ciência.


Na pequena Caramuru, litoral de Santa Catarina, agroglífos, começam a aparecer em um milharal. Uma jovem jornalista, ex-morada da cidade, começa a investigar os símbolos para o tablóide em que trabalha e seu irmão, Guy, é atraído para o centro dos símbolos e a história começa a acontecer.
A história é bem louca e atrativa e com flashs backs sobre os personagens, principalmente o protagonista e sua irmã. O centro forte da história é um talk show diferente, onde alguns cidadãos começam a ter suas verdadeiras histórias contadas. E aparentemente eles serão julgados pelos seus pecados.
O livro transmite muita mensagem de como o ser humano pode ser nocivo para nosso planeta e como a raça humana é gananciosa. Apesar desses defeitos, nós seres humanos podemos ser benevolentes, principalmente diante do caos, com exceção dos políticos que fazem da desgraças palcos para seus discursos eleitorais.


Ao mesmo tempo podemos esquecer o mal que algumas pessoas fazem por beneficio próprio e acusar inocentes, sem dar-lhes o benefício da dúvida.
O autor tem uma escrita gostosa que prende a atenção do começo ao fim, sem dar vontade de desgrudar do livro.
Lembrei do filme Sinais com Mel Gibson e Joaquim Phoenix e, não sei por que, do filme As 7 caras do Dr, Lao (1964).


Recomendo muito!

Autor: L.A Tecau

Paginas: 63


Like it? Share with your friends!

1

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *